.

Baixar arquivo 5 Baixar arquivo 6 Baixar arquivo 4 Downs Brasil arquivo 4 do ET downloads arquivo 5 do ET downloadsarquivo 6 do ET downloads arquivo 7 do ET downloads arquivo 8 arquivo

O começo do anime One Piece

Categoria:
Produção

One Piece (Wanpīsu?) é uma série anime e mangá criada pelo mangaka Eiichiro Oda. A história está focada na tripulação pirata comandada pelo Capitão Monkey D. Luffy (lê-se "Ruffy", com o "R" pronunciado de forma semelhante ao "R" de "caro" em português, pois o fonema correspondente ao "L" é inexistente em japonês, e, devido a isso, no Brasil, algumas vezes opta-se por escrever e ler Ruffy). A maior ambição de Luffy é obter o maior tesouro do mundo, o One Piece e assim ocupar o posto deixado pelo finado Rei dos Piratas Gol D. Roger.
O mangá começou a ser lançado de forma seriada na edição 34 (1997) da revista Weekly Shonen Jump, publicada pela editora Shueisha, enquanto a adaptação para anime produzida pela Toei Animation estreou apenas em 1999. Eiichiro Oda originalmente planejou One Piece com duração de cinco anos,[1] e ele já havia planejado o final; contudo, a história tem continuado muito além das suas expectativas.

Sua origem vem do mangá Wanted! - Oda Eiichiro Tanpenshu, no qual Eiichiro Oda criava histórias individuais a cada capítulo. Em Romance Dawn, o 5º e último capítulo surgiu Luffy, o qual teria se tornado um pirata para seguir os passos de seu avô (do qual teria ganho seu chapéu de palha na história original). Nami também aparece, com o nome de Anne, a qual posteriormente ainda se chamaria Shiruku (no piloto de One Piece, também designado como Romance Dawn).
One Piece é recentemente o mangá mais vendido na história da Weekly Shonen Jump,[2] e é atualmente o título mais popular. Em 2009, Shueisha anunciou que vendeu 176 milhões de volumes do manga One Piece até agora, tornando-se o mangá mais vendido na história. No último ranking dos top 100 Animes da TV Asahi, One Piece conseguiu ficar na 6ª colocação. O volume 23 (equivalente ao 46 no Brasil) do mangá One Piece foi a revista de maior vendagem no Japão de todos os tempos, antes da publicação de Harry Potter e o Enigma do Príncipe[carece de fontes]. O mangá atingiu 600 capítulos até o presente momento nos lançamentos semanais.

One Piece foi o mangá mais vendido de 2007, em 2008, com mais de 5.956.540 de cópias vendidas, tendo novamente o título do best-seller. Até meados de 2009, Volume 53, One Piece, vendeu mais de 1.801.877 cópias. Em um exame em 2008 pela Oricon, os japoneses votaram em One Piece, como a manga mais interessante. One Piece, foi a série mais baixado japonês em julho de 2008, por BitTorrent.

One Piece também mostra sua força no sistema de votação chamado Toc Weekly Shonen Jump onde os japoneses elegem os 20 melhores mangás referentes aos capítulos. Nos últimos 2 anos One Piece não saiu do top 3 nestas votações. O dublador do Luffy é o Vagner Fagundes.

Em Portugal, a série de anime já foi transmitida pela SIC, no horário de late night até ao episódio 130 e estava a ser transmitida de novo na SIC Radical no seu horário de anime que passou até ao episódio 102. No Brasil, foi lançada a série em mangá pela Editora Conrad e foi transmitido pelo Cartoon Network. Na TV aberta foi exibido a versão censurada de One Piece Dublado pela 4kids no Sbt.

Mangá
O primeiro tankobon foi publicado no Japão em Dezembro de 1997. Até dezembro de 2010, a série já contava com 612 capítulos lançados pela Shonen Jump. Os primeiros 597 capítulos lançados foram reunidos em 58 tankobons.

No Brasil, a série contabiliza até o momento 70 edições. O lançamento de cada edição é mensal, sendo sua distribuição nacional. O primeiro volume lançado é de Março de 2002. Atualmente o mangá no Brasil se encontra cancelado por fechamento da editora (Conrad)

Coleções de capa
É costume nos mangás começar os capítulos com uma imagem de algum personagem, seu autor utiliza-se delas para mostrar acontecimentos paralelos aos do capítulo corrente, centralizando personagens secundários. Assim, qualquer um que aparecer durante as sagas é um possível "protagonista" aqui. Cada coleção é composta por uma média de 35 capas.

Pandaman
Criado para entreter ainda mais seus leitores, o autor brinca com o equivalente a "Onde está o Wally?". Durante as cenas dos capítulos pode-se, de vez em quando, muito bem escondido, aparecer uma figura estranha, o Pandaman. Seu formato é inconfundível: corpo humano com cabeça de panda. Há diversas aparições dele pelo mangá e pelo anime, geralmente no meio da multidão, algumas vezes aparece nas aberturas ou fundo da tela.

Anime
Com a popularidade que One Piece atraiu nas páginas da Shonen Jump, logo seria transformado em anime, atingindo assim uma quantidade ainda maior de pessoas. A adaptação da série para televisão estreou em 1999, entretanto já havia sido lançada uma versão OVA um ano antes. A série foi licenciada pela 4kids para as Américas.

Como a maioria de anime, One Piece é uma adaptação animada da manga. Produzida por Toei Animation, O anime One Piece estreou no Japão pela Fuji TV em 20 de outubro de 1999 .One Piece tem 488 episódios emitidos no idioma Japonês, 373 em Alemão, 372 em Italiano, 336 em Catalão, 219 em Coreano, 195 Espanhol, 195 em Valência, 195 em Inglês, 155 em Euskara, 143 em Francês e 52 em Galego.

No Brasil, a série animada foi transmitida pelo Cartoon Network, que transmitia a versão americana (4kids). Houve a tradução da música de entrada e de encerramento, sendo modificadas para um estilo "rap".

Dubladores

Monkey D. Ruffy - Mayumi Tanaka- Vagner Fagundes
Zoro - Kazuya Nakai- Marcelo campos
Nami - Akemi Okamura- Samira Fernandes
Usopp - Kappei Yamaguchi - Rodrigo Andreatto
Sanji - Hiroaki Hirata - Wendell Bezerra
Chopper - Ikue Otani dublou também Sanji criança(arco Baratie), Enishida (arco Amazon Lily)
Nico Robin - Yuriko Yamaguchi - Angelica Santos
Franky - Kazuki Yao (dublou também Jango, Mr. 2 Bon Kurei)
Brook - Yūichi Nagashima (dublou também Barbarossa, Henzo, Ryuuma, Sphinx)

Alterações da 4Kids

A 4Kids é uma empresa que publicava o anime One Piece, entre outros, nos Estados Unidos e cuja versão foi comprada pela companhia Cartoon Network, sendo também distribuído no Brasil. Essa empresa tem como característica alterar diversos desenhos para torná-los mais infantis, muitas vezes adulterando totalmente a história original. Isso desvaloriza totalmente a real essencia dos animes japoneses, atraves de cortes sem fundamento algum o que gera uma destruição total da tradição japonesa e deixando o anime não só infantil, mas também desinteressante.[carece de fontes]Algumas delas foram:

Nome de vários personagens modificados;
A maioria dos caracteres japoneses foram removidos;
O cigarro de Sanji é substituído por um pirulito;
Os charutos na boca do Capitão Smoker são apagados. Ao invés disso, ele solta fumaça pela boca por causa de um efeito colateral da sua Akuma no Mi. Os charutos na jaqueta dele também foram apagados;
Traços de seios removidos.
Sangue geralmente removido ou diminuído;
"Marine" foi substituído por "Navy";
Algumas cenas do Luffy com a boca aberta grande demais foram retiradas;
Rum, cerveja, vinho, bebidas alcoólicas em geral foram trocadas por "suco de laranja";
Além dos caracteres japoneses, traços da cultura japonesa foram removidos, como a substituição de bolinhos de arroz por biscoitos;
Alterações sem fundamento claro, como o fato de ser retirado o nome "Yasopp" da bandana usada pelo mesmo;
Cortes de algumas cenas, redução do episódio, edição de vários episódios em apenas um;
Armas originais substituídas por armas mais infantis: coloridas, sem o formato de um revólver, ou com uma rolha na ponta;
Trocaram a Laboon por um grande iceberg.
Corte da Saga de Alabasta durante a passagem por Little Garden, quando Nami fica doente por uma picada de uma aranha venenosa. Ao invés disso, Nami contrai a "Febre da Grande Linha", uma febre misteriosa que ataca os viajantes novatos da Grand Line por não estarem acostumados a seus climas instáveis.
Por esses motivos, pela curta duração do anime no Brasil e pelo horário em que era exibido(geralmente entre 00h00minA.m e 03:00A.m) ele ficou desconhecido e perdeu também na concorrência contra Naruto, enquanto no Japão One Piece ganha disparado em termos de popularidade.

Acordo Funimation e Álamo

Em maio de 2008, a Álamo fez uma parceria com a FUNImation (distribuidora de animes nos Estados Unidos que costuma não fazer cortes e edições de censura nos animes) para dublar e lançar em DVD todos os episódios obtidos pela empresa (até então 172 episódios). As músicas de abertura e encerramento tiveram suas letras modificadas na tradução para ficar mais fiel ao original e os 4 primeiros episódios já haviam sido dublados e seriam exibidos no Animax para ver a aceitação do público. Infelizmente, um praticante da Lei de Gérson vazou o primeiro episódio na internet antes do tempo e a FUNImation cancelou a parceria e conseguiu tirar o episódio do ar antes que se espelhasse por sites como YouTube. Outro fato interessante é que essa redublagem seria feita por "escalas", que na dublagem brasileira, significa misturar dubladores do Rio de Janeiro e São Paulo em um mesmo trabalho. O mesmo já havia acontecido na redublagem de Cavaleiros do Zodiaco e nos filmes de Pokémon.

Para essa nova versão, muitos dubladores foram modificados. Os principais foram:
Monkey D. Luffy: Mirian Ficher
Sanji: Márcio Araújo
Chopper: Angélica Santos
Coby Criança: Úrsula Bezerra
Coby Adolescente: Fábio Lucindo
Mihawk: Guilherme Briggs
Shanks: Hermes Barolli
Como essa versão seria sem cortes, a Álamo precisou colocar os dubladores da fase Little Garden, no arco de Alabasta, que havia sido cortada na versão 4Kids, além dos outros episódios que seriam incluídos. Não tinham muitos dubladores confirmados. Mas quatro deles já eram conhecidos:
Mr2: Guilherme Briggs
Mr3: Gileno Sandoro
Crocodile: Afonso Amajones
Enel: Alfredo Rollo

0 comentários:

Ofertas

Baixar Brasil Baixar Templates Novos ET downloads